Heyy guys!
Há cerca de duas semanas, fui passar o fim-de-semana ao Porto com uma amiga. Sem dúvida que o nosso país é lindíssimo e tenho um grande carinho por esta cidade. Divirto-me imenso sempre que lá vou, e as pessoas… oh as pessoas do Porto! Deixam-me de coração cheio, sempre. 
Já conheço esta cidade simpática há uns bons anos, e sempre que lá vou fico impressionada com os sítios novos que descubro. Em cada canto há um restaurante ou café novo, e espaços muito muito giros. 
Como o Porto é uma cidade pequena, os sítios a visitar acho que são óbvios, ou simplesmente a caminhar se descobre a cidade. Portanto, achei que faria sentido partilhar com vocês bons spots para um brunch, um almoço, um jantar, e até mesmo cocktails!
Mas antes disso tudo… where to stay:

Villa Mouzinho – Apartments & Suites
Como já tinha dito antes, para mim é essencial sentir-me confortável no sítio onde fico a viajar. 
Desta vez, fui muito bem recebida num apartamento muito simpático numa zona super central – a 2min a pé da Estação de São Bento. 
Estávamos muito bem instaladas, para além de muito fotogénico era muito acolhedor, e com certeza será uma opção para uma próxima vez. Deixo-vos aqui o link, onde podem ver os outros apartamentos e suites Villa Mouzinho. 

Thapi – sem dúvida, a melhor tapioca que já comi! Estou mesmo a ser honesta. Adoro tapiocas, mas às vezes parece que falta algo a nível de sabor. Quando acabei de comer esta, apetecia-me mais uma! Para além disso, fica num sítio com lojas muito cool.

Kyoto na Baixa – Tanto eu como a Balu, nunca dizemos que não a sushi, e mal chegámos ao Porto fomos experimentar o Kyoto. Sushi bom, algumas peças improváveis mas saborosas, e no final têm de experimentar o Cheesecake.E agora vamos falar de brunch… ok, um bom brunch pode ter muita coisa, mas panquecas é essencial. O Diplomata é especialista em panquecas. Vocês escolhem o tipo de massa que querem – nós optámos por panquecas de mirtilos – assim como os toppings, a fruta, todo o tipo de acompanhamento para as vossas panquecas não se sentirem sozinhas (nem o vosso estômago!). Simplesmente deliciosas.Seja a beber um café, um copo de vinho ou mesmo um copo de água, o final de tarde na zona da Ribeira nunca desilude.
Encontrámos um artista de rua a tocar mesmo à nossa frente, e fascinadas pela voz dele e pela vista, não saímos dali durante umas boas horas.E depois de um longo dia, chega ao final da tarde e já só pensamos no sítio para jantar, correcto?
Fomos jantar ao Mistu. Tenho pena de não ter tirado fotografias ao espaço porque é sem dúvida um restaurante muito cool, muito bem frequentado e a comida é cinco estrelas (para não dizer mais). Pratos portugueses essencialmente, muito bem confeccionados. A ideia é escolhermos vários pratos – nós éramos duas e escolhemos 4 pratos diferentes, porque as doses não são muito grandes, e assim partilhámos e experimentámos várias coisas. Não houve nenhum que desiludisse.
Para além disso, é um óptimo sítio para beber um cocktail antes de ir sair. Começámos o jantar com um Expresso Martini, e assim o acabámos.Noshi Coffe – Depois de uma noite longa e alguns cocktails pelo meio, foi hora de optar por um sítio mais saudável para repor energias e para “limpar” o corpo. O Noshi é um café/restaurante muito acolhedor – também na baixa do Porto como todos os outros – de pratos leves e vegan.
Eu, pessoalmente, adoro comida vegan e saudável, portanto fica a dica para quem partilhar da mesma opinião. Já tinhamos ouvido falar do Consulado, e não queríamos voltar para Lisboa sem dar lá um saltinho. É uma casa de brunch, mas quem diz brunch diz almoço e diz lanche, certo? Muito bom, e o espaço muito bem conseguido. Restaurante LSD – Só de ver estas fotografias fico com apetite. Tão mas tão saboroso. Vou-vos dar a descrição do meu prato (da direita) para tentarem imaginar o quão bom era: “Corvina em cama de arroz de espargos e lima, servidos em molho de bisque.” – God!!! Vi isto na ementa e não pensei duas vezes.
Estou neste momento no sofá, já jantada, e só me apetece voltar a todos estes sítios incríveis.
Sempre que vou viajar, faço um “estudo” dos restaurantes que andam na berra e claro, que me aconselham. A minha dica fica aqui, e se algum/a de vocês seguir as minhas sugestões, deixem aqui em comentário a darem feedback!
Xx

Share:
Reading time: 4 min

Heyy pessoal!
Para quem me segue no Instagram, já não é novidade que o fim-de-semana estive por Amsterdão.
Foi a segunda vez que estive na Holanda – a primeira vez foi há dois anos atrás, em Rotterdam, para os EMA’s com a MTV (que nunca vou esquecer!!), e desta vez, fui até Amsterdão mais porque surgiu a oportunidade, mas aqui entre nós, não fui com grandes expectativas.
E sabem que mais? É quando vamos sem expectativas que saímos mais surpreendidos. Adorei a cidade! Tudo muito arranjado, arquitectura super bonita; árvores por todo o lado… aquilo que mais me fez “confusão” foi mesmo a quantidade de bicicletas – não por discordar (de todo!) mas só pela falta de hábito. Já não sabia por onde andar!!
Decidi juntar as melhores fotografias desta mini viagem e partilhar com vocês, assim como sítios deliciosos para comer. 

Vou começar por partilhar o hotel onde fiquei, afinal de contas, o sítio para descansar depois dos longos dias a percorrer a cidade a pé, é sempre o mais importante.
Fiquei no hotel Moxy. Possivelmente este nome não vos é estranho, porque em NY também fiquei no Moxy Times Square.
Assim como em NY, adorei o hotel. As pessoas são muito prestáveis; o pequeno-almoço é simplesmente delicioso (sem querer ser clichê, é mesmo a refeição mais importante do dia), e o quarto era ideal. Sem grandes luxos, uma cama muito confortável e uma vista incrível. Detalhes à parte: a decoração dos hotéis da cadeia Moxy é única! Super funny e cool; existem mensagens espalhadas por todo o lado, é muito giro.
Como amiga, aconselho.

Na realidade eu não sou vegan, mas sou amante de comida vegan – para ser honesta, só amante de qualquer comida – mas tenho gostado especialmente deste tipo de comida, por isso fui experimentar o Vegan Junk Food, que descobri pelo Instagram. Pareceu-me delicioso e correspondeu às expectativas. Preços muito em conta, os pratos muuuito bem servidos, e uma esplanada simpática numa zona central da cidade. 
O António – que foi comigo viajar – não é fã de comida vegan, e no final disse “das melhores refeições que tive nos últimos tempos!”

Para quem é fã de Hummus, tem definitivamente de passar por este restaurante – Hummus Bistro.
Têm uma variedade imensa de hummus e os pratos giram à volta disso. Há muito tempo que não comia até não dar para encher mais ahah! Não conseguia parar simplesmente. Também experimentei os falafel que estão no centro da mesa, e foi uma explosão de sabores dentro da boca, muito bem confeccionados. 
O prato com ovo e molho de tomate que estão a ver, foge à regra do Hummus Bistro, é um prato para os mais gulosos. 
Espero que estejam a tirar notas.

A cidade não é muito grande, portanto o que aconselho mesmo é darem uma vista de olhos pelo mapa geral da cidade e explorarem um bocadinho de tudo.
Escusado dizer que o Red Light District é essencial, assim como toda a zona Negen Straatjes, que significa “nove ruas”. Bairros suuuper giros; zonas mais comerciais com lojas cool, e vão encontrado lojas vintage por vários sítios. 

Por último, peço imensa desculpa porque não tenho fotografias para vos mostrar, mas foi um sítio que frequentei bastante neste fim-de-semana: Vondelpark.
O Vondelpark é um jardim gigante, que percorre grande parte da cidade, ou seja, vão passeando e vão encontrando várias entradas para o jardim.
Para ser sincera, foi dos parques mais bonitos onde já estive – o facto de ser Outono também ajuda, porque havia folhas por todo o lado, as cores estavam lindíssimas.
Mas é mesmo um sítio agradável para pararem a longo dia, esticarem um paréu e apreciarem o momento. 
Para pizza lovers – De Pizzabakkers Willemsparkweg.
Pizzas muuuuito boas (desta vez deixei a comida saudável de lado); se existe um prato no menu com trufas, peço desculpa, mas não resisto. E se alguém desse lado também adora, então têm de experimentar a pizza de trufas deles.

Existe mais que um restaurante De Pizzabakkers por Amsterdão, mas aconselho vivamente este pelo espaço ser muito giro, e pelo bairro onde se encontra!!  

Espero ter ajudado!! <3
Não se esqueçam de deixar um comentário aqui, no final do post; digam-me se gostaram das fotografias e se ajudei em alguma coisa. I hope so!

Share:
Reading time: 4 min

Olá meninas! Hoje trago-vos um assunto diferente do habitual. Posso admitir que cada vez mais tenho dado importância à minha alimentação e à minha forma física e a Drink6 veio-me facilitar um bocadinho a vida nesse aspecto.

✮Colher e “souping” para o Inverno!✮

Processed with VSCO with a6 preset

A Drink6 trouxe para Portugal a última novidade em planos detox: o souping é a nova tendência em detox! Planos detox à base de cremes e sopas de vegetais e hortaliças 100% naturais, perfeitos para depurar o organismo durante o outono e o inverno (também no resto do ano).
O souping é um plano detox no qual os sumos são substituídos por 6 sopas e cremes de legumes, para tomá-los durante o dia.
NOTA: São sopas e cremes 100% naturais, elaborados com ingredientes de primeira qualidade e sempre com receitas saborosas e deliciosas, feitas com a aprovação da equipa de nutrição da Nutrimedic e com a supervisão médica e nutricional da Dra. Vidales.

Processed with VSCO with a6 preset

Todas as sopas e cremes são veganas (não levam carne, nem peixe, nem lácteos, nem queijo, nem ovo) e não contêm glúten.
As sopas estão pensadas para tomar uma a cada duas horas, aportando todos os nutrientes necessários para um dia de alimentação completa, de forma que o organismo se mantenha equilibrado ao mesmo tempo que se depura.
Preço do plano detox souping: 39€ incluídos os custos de transporte e entrega. – USEM O CÓDIGO “BangingDrink6” QUE VOS VAI OFERECER 10% DESCONTO!

✮Plano detox de 6 sumos✮

Para aquelas que torcem o nariz à sopa ou até por uma questão de não vos ser prático no dia-a-dia, passo-vos a falar sobre os saborosos sumos detox da estação Outono-Inverno!

6 Sumos de frutas e vegetais da estação – para as mais curiosas, saibam tudo sobre os sabores AQUI.

Processed with VSCO with a6 preset

Além dos sumos destinados para um dia, a Drink6 também oferece um plano detox para 3 e 5 dias, ofertas de subscrição, planos nutricionais e uma grande quantidade de produtos.
Eu já comecei e estou a adorar!

Processed with VSCO with a6 preset

Espero que aproveitem os meus conselhos eheh!
E não se esqueçam do código “BangingDrink6” que vos oferece 10% de desconto!

Share:
Reading time: 1 min
Page 1 of 212